Coronavírus: como e quando usar a máscara?


Médicos infectologistas recomendam que uso do equipamento de proteção seja feito apenas por pacientes que apresentam os sintomas ou profissionais de saúde em atendimento.

O infectologista Caio Rosenthal diz que a finalidade do uso da máscara “é proteger outras pessoas”. As equipes de saúde, segundo ele, devem usar uma máscara do tipo N95, que garante a proteção durante o procedimento necessário. Marcelo Otsuka, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), também faz as mesmas recomendações.

"Existem grupos específicos que podem utilizar a máscaras. Os médicos por exemplo, que realizam o atendimento de um paciente usam uma máscara N95. Fora dessa situações, os pacientes utilizam máscara simples", disse Otsuka.

"Quem está doente ou quem tem alguma manifestação respiratória deve utilizar a máscara como uma medida protetiva para proteger as outras pessoas não infectadas. Elas só devem ser utilizadas para quem manifesta os sintomas, até para impedir que o paciente transmita a doença para outras pessoas." - Marcelo Otsuka, infectologista

Se uma pessoa apresenta os sintomas, também deve estar em isolamento e usar o equipamento de proteção apenas se precisar sair em casos de urgência. A distância mínima entre pessoas no mesmo ambiente deve ser de 1 metro, de acordo com os infectologistas.

"Quando você faz um diagnóstico, a pessoa precisa ficar isolada pelo período de até 14 dias. Mas o período crítico se apresenta somente até o 7º ou 9º dia. Em qualquer caso, se teve contato com o vírus, mantenho elas isoladas para não contaminarem outras pessoas. Quanto menos contatos você tem com outras pessoas, menor as chances de você transmitir”, completou Otsuka.

Uso correto

De acordo com o infectologista Alexandre Naime, chefe do departamento de infectologia da Unesp e membro da SBI, o equipamento precisa ser utilizado de forma contínua e ser trocado a cada duas horas.

"A máscara precisa ser utilizada para cobrir o nariz e a boca para evitar o risco de transmissão. Não adianta você utilizar sem necessidade e ainda assim ficar tirando e colocando para falar, sendo que sua mão toca várias superfícies aumentando o risco de contaminação. Outra coisa é deixar a máscara pendurada no rosto, isso não tem eficiência".

A máscara serve para evitar que partículas possam entrar em contato com a face, então a medida que é manipulada a parte frontal, tocando a face ou tocando o olho, até para proteção individual ela deixa de servir. Existem protocolos sobre a forma que ela deve ser utilizada para ter a serventia de proteção.

Protocolo da OMS

A OMS recomenda que as máscaras cirúrgicas sejam usadas por:

  • pessoas com sintomas respiratórios, como tosse ou dificuldade de respirar, inclusive ao procurar atendimento médico;

  • profissionais de saúde e pessoas que prestam atendimento a indivíduos com sintomas respiratórios;

  • profissionais de saúde, ao entrar em uma sala com pacientes ou tratar um indivíduo com sintomas respiratórios.

O uso de máscaras não é necessário para pessoas que não apresentem sintomas respiratórios. No entanto, máscaras podem ser usadas em alguns países de acordo com os hábitos culturais locais.

As pessoas que usarem máscaras devem seguir as boas práticas de uso, remoção e descarte, assim como higienizar adequadamente as mãos antes e após a remoção. Devem também lembrar que o uso de máscaras deve ser sempre combinado com as outras medidas de proteção.

Como colocar, usar, tirar e descartar uma máscara:

  1. Lembre-se de que uma máscara deve ser usada apenas por profissionais de saúde, cuidadores e indivíduos com sintomas respiratórios, como febre e tosse.

  2. Antes de tocar na máscara, limpe as mãos com um higienizador à base de álcool ou água e sabão.

  3. Pegue a máscara e verifique se está rasgada ou com buracos.

  4. Oriente qual lado é o lado superior (onde está a tira de metal).

  5. Assegure-se que o lado correto da máscara está voltado para fora (o lado colorido).

  6. Coloque a máscara no seu rosto. Aperte a tira de metal ou a borda rígida da máscara para que ela se adapte ao formato do seu nariz.

  7. Puxe a parte inferior da máscara para que ela cubra sua boca e seu queixo.

  8. Após o uso, retire a máscara; remova as presilhas elásticas por trás das orelhas, mantendo a máscara afastada do rosto e das roupas, para evitar tocar nas superfícies potencialmente contaminadas da máscara.

  9. Descarte a máscara em uma lixeira fechada imediatamente após o uso.

  10. Higienize as mãos depois de tocar ou descartar a máscara – use um higienizador de mãos à base de álcool ou, se estiverem visivelmente sujas, lave as mãos com água e sabão.

Fonte: G1 e OMS

Recent Posts
Archive

Grupo Realiza - Saúde e Segurança do Trabalho, Consultoria e Treinamentos

Rua Alberto Bins, 658/402

Centro - Porto Alegre/RS

comercial@realizaconsultoria.com.br

Tel: (51) 3224-0032

       (51) 99266-3248

whats branco.png
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

© 2020 | Grupo Realiza