April 6, 2020

Please reload

Recent Posts

Máscaras de proteção respiratória de uso não profissional – o que são, cuidados antes do uso, como colocar e retirar, tempo de uso, como higienizar e...

April 28, 2020

1/4
Please reload

Featured Posts

Coronavírus: como e quando usar a máscara?

19/03/2020

Médicos infectologistas recomendam que uso do equipamento de proteção seja feito apenas por pacientes que apresentam os sintomas ou profissionais de saúde em atendimento.

 

O infectologista Caio Rosenthal diz que a finalidade do uso da máscara “é proteger outras pessoas”. As equipes de saúde, segundo ele, devem usar uma máscara do tipo N95, que garante a proteção durante o procedimento necessário. Marcelo Otsuka, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), também faz as mesmas recomendações.

"Existem grupos específicos que podem utilizar a máscaras. Os médicos por exemplo, que realizam o atendimento de um paciente usam uma máscara N95. Fora dessa situações, os pacientes utilizam máscara simples", disse Otsuka.

 

"Quem está doente ou quem tem alguma manifestação respiratória deve utilizar a máscara como uma medida protetiva para proteger as outras pessoas não infectadas. Elas só devem ser utilizadas para quem manifesta os sintomas, até para impedir que o paciente transmita a doença para outras pessoas." - Marcelo Otsuka, infectologista

 

Se uma pessoa apresenta os sintomas, também deve estar em isolamento e usar o equipamento de proteção apenas se precisar sair em casos de urgência. A distância mínima entre pessoas no mesmo ambiente deve ser de 1 metro, de acordo com os infectologistas.

 

"Quando você faz um diagnóstico, a pessoa precisa ficar isolada pelo período de até 14 dias. Mas o período crítico se apresenta somente até o 7º ou 9º dia. Em qualquer caso, se teve contato com o vírus, mantenho elas isoladas para não contaminarem outras pessoas. Quanto menos contatos você tem com outras pessoas, menor as chances de você transmitir”, completou Otsuka.

 

Uso correto

 

De acordo com o infectologista Alexandre Naime, chefe do departamento de infectologia da Unesp e membro da SBI, o equipamento precisa ser utilizado de forma contínua e ser trocado a cada duas horas.

 

"A máscara precisa ser utilizada para cobrir o nariz e a boca para evitar o risco de transmissão. Não adianta você utilizar sem necessidade e ainda assim ficar tirando e colocando para falar, sendo que sua mão toca várias superfícies aumentando o risco de contaminação. Outra coisa é deixar a máscara pendurada no rosto, isso não tem eficiência".

 

A máscara serve para evitar que partículas possam entrar em contato com a face, então a medida que é manipulada a parte frontal, tocando a face ou tocando o olho, até para proteção individual ela deixa de servir. Existem protocolos sobre a forma que ela deve ser utilizada para ter a serventia de proteção.

 

Protocolo da OMS

 

A OMS recomenda que as máscaras cirúrgicas sejam usadas por:</