O que você deve saber sobre CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho


Uma das muitas preocupações dos departamentos de Recursos Humanos das empresas, especificamente do setor de Segurança e Medicina do Trabalho, é com o envio da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).

Com um prazo muito curto para remetê-la à Previdência Social, a CAT faz parte de uma série de imposições estabelecidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O que é acidente de trabalho e doença ocupacional?

O acidente de trabalho é o acidente que ocorre no ambiente de trabalho ou no deslocamento entre a residência do colaborador, seu local de trabalho e, novamente, o trajeto até a sua residência.

A doença ocupacional é aquela gerada ou provocada pelo exercício das atividades profissionais, de acordo com lista fornecida pelo Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE).

Onde entra a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)?

A CAT é um documento obrigatório, utilizado para informar aos órgãos competentes a ocorrência de um acidente de trabalho ou de uma doença ocupacional.

A CAT pode ser emitida pela empresa empregadora, pelo sindicato ao qual o colaborador está vinculado, por um médico, pelo próprio segurado ― ou então um dependente seu ― ou por uma autoridade pública.

O site da Previdência Social possui um formulário que pode ser preenchido por um dos emitentes listados acima.

Existem três tipos de CAT: a inicial, a de reabertura e a de comunicação de óbito. Veja abaixo uma descrição sucinta de cada uma:

CAT inicial

A CAT inicial é utilizada após a ocorrência do acidente, no local de trabalho ou nos deslocamentos. Ela também é aplicada à incapacidade por doença ocupacional.

CAT de reabertura

A CAT de reabertura é requerida quando o empregado apresenta uma piora em suas lesões, após um período de melhoria. Sua exigência é obrigatória se o afastamento do segurado for superior a 15 dias.

CAT de comunicação de óbito

A CAT de comunicação de óbito é usada para a comunicação de morte ocasionada por acidente ou por doença ocupacional. Deve ser feita após o envio da CAT inicial.

Envio da CAT

A legislação exige que o envio da CAT seja feito até o final do próximo dia útil após a ocorrência do acidente. No caso de morte, o envio tem que ser imediato.

Caso a CAT não seja enviada, isso poderá provocar multa para o empregador, que pode variar do limite mínimo do salário de contribuição até o limite máximo do mesmo salário. No caso de reincidências, a multa será aumentada e cobrada pela Previdência Social.

O envio da CAT deve ser feito via aplicativo disponível no site da Previdência Social. É necessário baixá-lo e instalá-lo na sua rede de computadores. Para tal, é importante que o pessoal responsável pela TI seja acionado e faça o acompanhamento da instalação.

Auxiliar na primeira utilização também é interessante para se ter segurança de que o procedimento foi feito corretamente.

Todos os acidentes de trabalho ocorridos devem ser informados, independentemente se houve ou não o afastamento do empregado. Isso é fundamental para que se tenha dados estatísticos do número de acidentes de trabalho no país. Infelizmente, os índices não são nada alentadores e são causados pelos mais diversos motivos.

Na prática, a empresa precisa emitir a CAT em quatro vias, que deverão ser enviadas para:

  • 1ª via: para o INSS — segue automaticamente pelo sistema;

  • 2ª via: fica com o empregado;

  • 3ª via: fica com o empregador;

  • 4ª via: para o sindicato da categoria do acidentado. É importante que após ser protocolada no sindicato, essa via seja copiada e também mantida em poder do empregador. Isso seria uma prova de que a empresa está seguindo a norma.

Se por algum motivo não for possível o envio via internet da CAT, o empregador deverá procurar uma agência do INSS para que o registro do acidente seja efetuado.

Prevenção de acidentes

O foco primordial dos setores de segurança e medicina do trabalho tem que ser anterior, ou seja, evitar ao extremo que haja a necessidade da emissão da CAT. A conscientização e o treinamento de todos os colaboradores é absolutamente imprescindível.

O principal ativo das empresas, independentemente de seu porte ou ramo de atividade, é formado por seus recursos humanos. Evitar que acidentes ocorram deve ser de responsabilidade de todos, desde o ocupante do mais alto cargo até o mais singelo colaborador.

Desde o treinamento introdutório, passando pela formação de uma eficiente Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e pelas realizações da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), tudo deve ser direcionado para a prevenção.

Acompanhar o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e dos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) é obrigação de todo técnico de segurança do trabalho.

Pensar na comunicação interna como ferramenta de divulgação e conscientização dos funcionários é uma boa prática para a prevenção de acidentes. Use a tecnologia da informação a seu proveito, enviando e-mails informativos e também avisos pela rede interna de computadores.

Na área de segurança e medicina do trabalho, o principal esforço do investimento das empresas sempre deve ser feito no treinamento sobre segurança do trabalho.

A velha máxima que diz que “prevenir é melhor que remediar” tem um ótimo motivo para ser comentada aqui. Às vezes, um único segundo de desatenção pode gerar enormes problemas.

Fonte: Mastt

Sobre a Realiza Soluções em Medicina e Segurança do Trabalho

Localizada estrategicamente no centro de Porto Alegre, atuamos nos mais variados segmentos de mercado, oferecendo soluções customizadas para um eficiente atendimento das inúmeras necessidades das empresas nas áreas de saúde e segurança do trabalho, qualidade e meio ambiente.

Para contemplar as exigências da Portaria, oferecemos os seguintes serviços especializados:

- Treinamentos de Segurança do Trabalho

- Medições quantitativas

- PPRA

- LTCAT

- PPP

- PCMSO

- Exames

Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (51) 3224.0032 ou pelo e-mail comercial@realizaconsultoria.com.br.

Recent Posts
Archive

Grupo Realiza - Saúde e Segurança do Trabalho, Consultoria e Treinamentos

Rua Alberto Bins, 658/402

Centro - Porto Alegre/RS

comercial@realizaconsultoria.com.br

Tel: (51) 3224-0032

       (51) 99266-3248

whats branco.png
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

© 2020 | Grupo Realiza